Our Truth #8 – Turns – Parte 2

Depois do feriado de ontem, hoje chego com a oitava edição do Our Truth! E tenho que dizer, fiquei muito satisfeito com os comentários do pessoal, inclusive com a volta do chefinho, agora estou bem mais animado para demonstrar minhas opiniões à vocês. E Frengol, li seu e-mail mas não quis responder por ele porque quando li, já tinha se passado uns 10 dias e obrigado cara, espero pela volta de vocês e estou 100% apoiando vocês vamos botar essa porra pra fuder. No Our Truth #7, fiz uma enquete, e vamos aos resultados.

Vocês preferem que textos muito grandes sejam separados em partes?

Total de 104 votos

– Sim, fica mais prático e fácil – 43,27% (45 votos)

– Não, é desnecessário e chato – 23,08% (24 votos)

– A opção da gostosa – 28,85% (30 votos)

– Outros – 4,81% (5 votos)

Obrigado ao pessoal que votou, quase 30% se mostrou um bando de punhetero e qual homem não é? e essa enquete vai me ajudar a me adaptar a como vocês preferem ler. O primeiro comentário da última edição foi um revoltado leprechaun, que reclamou por eu falar da WWE. Bem, não vou me alongar muito, mas eu gosto de falar mais da WWE porque é dela o produto que mais me agrada (diferente de ser o melhor) e me sinto melhor falando sobre ela, o que não me impede de falar das outras empresas, mas eu só acompanho também a TNA e um pouco da ROH, então é o que eu posso comentar. Como pediram para falar também de turns na TNA, pensei em fazer a próxima edição sobre ela, mas olhando o roster e me surpreendi como ele é coeso sobre quem é Face e quem é Heel, está tudo muito bem encaixado e só achei duas boa mudanças. O primeiro seria um Heel Turn de Devon e assim tendo mais destaque e reformulando a Team 3D, mas poderia atrapalhar o brilho de Ray, então deixei de lado. O segundo está no texto dessa edição. Para ler, ja sabem aonde clicar.

.

.

Jeff Hardy – Face Turn: Antes de tudo, se fosse por mim, Jeff Hardy já teria sido demitido há muito tempo. Um lutador mediano, extremamente inresponsável e que se salva pelo também extremo carisma (Não sei de onde vem tanto carisma). Na WWE, ele foi um bom lutador (não confuda com ótimo, bom, mas nada tão impressionante) até 2008 com sua ótima feud com Umaga (que até hoje a WWE não encontrou um powerhouse do nível dele), depois caiu muito seu nível de luta que já não era alto e era cada vez mais defendido pelos fãs, inclusive dizendo que sua feud com CM Punk foi uma das melhores dessa década, sendo que a mesma foi fraca (Marks… eu sou também, mas pelo menos sou do Undertaker ¬¬). Chegou na TNA, pensei que poderia ver o velho Jeff, mas voltou pior ainda, mais inresponsável e TNA parecia se mostrando “bunda mole”, deixando ele fazer o que quiser. Sua última aparição foi simplesmente uma vergonha e uma mancha na história da TNA. Como heel, ele tentou, mas não convenceu. Assim como Rob Van Dam, Jeff está se segurando somente pelo nome, e se o deixarem como Heel, vão tirar dele o que ainda o resta: o carisma. Se for para voltar, que seja como Face, para que possam lucrar com sua popularidade com as crianças, mulheres (Aiô Cena!) e dos marks de high-flyers.

.
Tem viabilidade: Sim

.

"Você, você, você, você, você quer?"

– Kofi Kingston – Heel Turn: Kingston tem o mesmo problema de Cena, um personagem que pode até ser legal no início, mas já passou da validade há muito tempo. E já enjoou tanto que para mim, ele teria que ter uma mudança brutal de atitude, algo parecido com o Heel Turn de R-Truth. Kingston está no topo do mid-card há muito tempo, mas não chega nem perto do Main Event. Ele ganha o United States ou Intercontinental Title e quando perde, não demora muitos meses para tê-lo de volta. A questão é que com seus golpes quase sempre acompanhados de botchs (podem falar de Batista e Mr. Anderson, mas nenhum dos dois dá tanto botch como Kofi), combinados com uma gimmick chata e uma mic-skill mediana torna Kofi Kingston um dos wrestlers mais dispensáveis da WWE atualmente. Mas ele ganhou muito respeito tanto dos fãs como da empresa, tanto que ele é um dos lutadores que mais representa a WWE em eventos. Se ele já se firmou, sendo assim, uma mudança drástica é única coisa que pode me fazer ter algum interesse em vê-lo em ação novamente.

.
Tem viabilidade? Sim

.

– New Nexus – Face Turns: A Nexus teóricamente ainda existe, mas ela acabou quando CM Punk a tomou de Wade Barrett. Se por um lado acabou todo o brilho da Stable, isso ajudou a elevar Punk para ser em 2011 o melhor heel da empresa, dando condições de ser muito bem aproveitado (poderia ter sido melhor aproveitado, mas ele nunca foi tão valorizado antes). Agora sem Punk, a Nexus com certeza acabará de vez. Sinceramente, os restantes não devem ter muito futuro, tirando Mason Ryan (infelizmente). No Over The Limit, houveram muitos gritos para Ryan chamando-o de Batista, nada mais a comentar. David Otunga tomara que seja demitido. O único com talento é Michael McGuilicutty, que é um bom lutador, poderia ser um ótimo Heel, mas para isso precisa melhorar sua mic-skill, que se mostrou fraca durante o NXT. Os três se forem para ter algum espaço, só consigo vê-los como Heels.

.
Tem viabilidade? Não

.

– Randy Orton – Heel Turn: Depois de apoiar Zack Ryder, criticar Randy Orton virou a principal “modinha” na internet, eu mesmo já o critiquei aqui no meu primeiro Our Truth (na época que eu mesmo vi os problemas que ocorriam, e não segui porque vi outro falando mal). Na época do Our Truth #1, Randy ainda era do RAW. Eu indiquei que o melhor para ele seria ele ter um Heel Turn e mudar de atitude, porque o “The Viper” é realmente algo monótomo. Mas hoje a situação é outra, Randy preenche o enorme buraco deixado por Edge no SmackDown, e vem conseguido tampá-lo muito bem. E não há nenhum Face atualmente na WWE que conseguiria tampar esse buraco além de Cena, Taker e Triple H. Muitos falam de Christian, mas ele ainda não consegue pelo menos ainda mexer tanto com o público a esse nível. Orton conseguiu um nível de adoração estrondoso, e é disso que a empresa precisava para o cara principal da SmackDown. Além disso, ele finalmente se encontrou com seu personagem sem se tornar chato e vem se acertando no ringue, apesar de não o mesmo de antes, vem lutando bem. Um Heel Turn agora seria arriscado demais sem ninguém para substituí-lo, poderiam fazê-lo com Christian no futuro, mas o mesmo já está tendo um ótimo Heel Turn e vem tendo uma ótima feud com Orton, já estava com saudades de ver na WWE um boa e longa feud, com dois lutadores que podem fazer um belo combate.

.
Tem Viabilidade? Não

.

– The Corre – Heel e Face Turns: O fim da Corre chegou, e com ela vem o desvalorizamento cada vez maior de Wade Barrett. Wade é disparadamente o melhor da The Corre, ele tem uma mic-skill muito boa, provou isso enquanto liderou a Nexus, e no ringue, é satisfatório. Esse foi o principal motivo de Wade ter ganhado a balada primeira temporada do NXT, por sua solidez. Ele provavelmente terá um bom futuro, e espero por isso, mas como Heel. Slater e Gabriel são dois lutadores sem graça: Gabriel é o high-flyer mais no chão que eu já vi, e o Slater é muito sem graça mesmo. Os dois não tem muito talento, mas se é para ter algum destaque, os dois se mostraram um pouco melhores como Faces. Jackson ganhou o Intercontinental Title, ainda não digeri isso. Ele é tão musculoso que mal consegue ter uma movimetação no ringue. Ele é realmente forte e conseguia passar isso, mas esse Face Turn foi uma baita de uma desgraça. Seu momento Titus O Neal pai de família no CP foi difícil de engolir. Se é para usá-lo, que seja como aquele monstro que quase destruiu Christian no início de 2010.

.
Wade Barrett – Face Turn – Tem viabilidade? Não
Ezekiel Jackson – Heel Turn – Tem viabilidade? Sim
Justin Gabriel e Heath Slater – Face Turn – Tem viabilidade? Sim

.

– Jack Swagger – Face Turn: Jack Swagger teve em 2010 sua grande chance: depois de tanto perder pro Santino Marella, ganhou a última Money In The Bank na Wrestlemania e se tornou pela primeira vez e até agora única vez World Heavyweight Chmapion. Mas ele falhou em seu reinado, com suas promos terrivelmente chatas, unidas com uma “bookagem” horrível junto, tivemos Swagger como um campeão fraco. No ringue, algo que importa muito, ele foi completamente instável: uma hora ele lutava muito bem, outra hora fazia lutas médias. Um bom exemplo foi sua “mini-feud” com Randy Orton, aonde fez uma luta muito boa no RAW, no PPV seguinte (o Extreme Rules 2010) fez uma luta muito fraca com o mesmo. Depois disso, Swagger foi apagado cada vez mais, hoje ele está quase no mesmo status de antes de disputar o World Heavyweight Title. A solução para Swagger seria um Face Turn? Acredito que não, ele não tem “cara” de face, e é difícil imaginar o público o ovacionando por ser um cara “legal”. Para ele, a única solução a meu ver é fortalecer e fazer algo novo com seu personagem, que está cansativo agora. A gimmick Kurt Angle 2.0 não convenceu. E uma coisa importante é ele parar de ser tão irregular, não dá pra lutar bem em uma luta e ir mal na seguinte sem nenhum motivo pra isso, né?

.
Viabilidade: Não

.

– John Cena – Heel Turn: John Cena é adorado por muitos e odiado por muitos também. Eu sinceramente gosto dele (eu sou um Little Jimmy? \o/), mas às vezes suas atuações me irritam, principalmente quando fazem uma “bookagem” muito forçada em cima dele, o que não é difícil. No início de seu push ao Main Event, seu personagem era até interessante. Ele já teve um reinado de mais de 1 ano como WWE Champion, onde só perdeu o título para Randy Orton após se lesionar. Depois disso, ver Cena ficou cada vez mais cansativo. E a coisa nunca muda, e cada vez ele é mais odiado. A culpa é dele? Não, e sim de Vince e seus bookers que não percebem que o cara precisa de algo novo, não precisa ter um Heel Turn, mas precisa de alguma inovação, 7 anos da mesma coisa é ruim demais (tem que ser algo muito bom para não cansar). Cena era muito convincente como Heel, e agora poderia trazer aquele personagem odiável novamente. Mas isso é muito arriscado para a WWE. John é a “cara” atual da WWE, tirá-lo assim sem ter ninguém para cuidar do seu lugar é muito arriscado. Não é só arriscado, não tem sentido se arriscar de perder seu “top Guy” à toa. Randy Orton foi pensado como opção, ele talvez tenha condição de substituir do Cena, mas a WWE desistiu da idéia (arregou) por medo de não dar certo. Se não teve coragem de trocar Cena de brand (arrego²), imagina trocá-lo por Orton. Mas se continuar do modo que as coisas estão indo hoje, daqui algum tempo Orton poderá fazer isso. Hoje ainda é muito arriscado. A coisa agora seria mudar alguma coisa na sua gimmick.

.
Tem viabilidade? Não

.

Assim termino meu palpite da possibilidade de turns atualmente. Espero ver comentários tão interessantes quanto os da última edição e minha internet não cair para que eu possa respondê-los. A música de hoje é Overcome, do Creed:

Até a próxima.

Sobre Erik Edilson (Legend Killer)

Alto, bonito(haha), negão, forte, convencido(?), humilde(?), canceriano, são paulino, roqueiro eclético, Evanescenciano(WTF?)

Publicado em 24/06/2011, em Our Truth, Quadros, Textos e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 17 Comentários.

  1. concordo com tudo.
    vai ter mais alguma parte?

  2. Justin Gabriel e Heath Slater como face eu tambem concordo seria bom se eles entrassem em feud comMichael McGuilicutty e David Otung pela tag title

  3. Muito bom o texto concordei com quase tudo.
    Pra mim Justin Gabriel se mantidos com Tag e como heels podem vir muito bem a calhar.
    Kofi como heel é impossível, suas mic-skills são fracas demais para ele ser odiado pelo público. Tem é que coloca-lo para lutar como Dolph (como estão fazendo agora) e com o Drew McIntyre e somar essas lutas à algum tempo de micro pq ele pode ser fraco mas se provocado tem de responder, acho q as feuds do mid card da WWE estão muito secas,
    as melhores lutas saem dali com Daniel Bryan e Rhodes de um lado e do outro Ziggler e Kofi do outro, elas poderiam contar um história pois para 2 mid-cards recebrem um push eles não precisam enfrentar um ME e sim ter tempo de ringue e micro para mostrar o que sabem

    • Legend Killer

      Realmente as feuds no mid-card estão fracas, a única interessante atualmente é Bryan/Sin vs Cody/Ted. Kofi acho que valeria a tentativa, como midcard ele não precisaria falar tanto, penso que tendo uma boa “bookagem” seria o suficiente para isso. Cody vs Bryan estão tendo tempo para lutar (várias vezes, fazendo boas lutas) e fizeram uma ótima promo nesse SmacDown, vamos ver no que vai dar…

  4. Lapelecoteco

    A palavra do momento na WWE TEM que ser INOVAÇÂO!

    • Legend Killer

      Mais do que a atual? Quem domina a WWE é essa nova geração de lutadores, para mim isso já é uma baita inovação…

      • novos lutadores = renovação do roster…

        pq a formula a muito esta muito estática, é aí que precisa de inovação.

        mas seu texto como sempre muito bom.

        hardy realmente tem q ser face.. mas um face que não se drogue… né…

        e eu acho pra quem ter micskill decente, ser odiado é mais simples, é fácio vc dizer UMA coisa e já gerar um sentimento opositor, agora se fazer coisas boas são mais lentas… vide que todo face turn tem se ser bem construido, já os heel turn, é uma porrada e pronto 😛

        christian o turn se deu em segundos e “todo mundo” já odeia ele. já o jackson nem consigo ver ele como face, o pessoal das arquibancadas ainda “booam” ele…

  5. john albert

    bom texto cara,só não concordo com duas coisas pra min tem viabilidade
    a heel turn do cena e do orton,só assim pra acabar os ”boos”,e também ter
    uma mudança no personagem,e qual é o problema de ter um hell como a
    cara da brand.

  6. Lucas Godoi

    Slater e Gabriel como face acho que realmente é muito viável, apesar que acho difícil salvar mesmo esses dois, o Slater eu até gosto e creio que poderia gostar do Justin se ele se arriscasse mais (Qual é o outro golpe high flyer dele além do 450? Nenhum!) mas do jeito que estão, não tem nenhum futuro…

    O único dessa coluna que eu discordei é o do Kofi, creio eu que não conseguiria vê-lo como heel, é estranho, mas não vê-lo pulando como um… é, não posso falar isso sem ser preso, como um pulador é meio q inaceitável, seria um choque muito grande p mim kkkkkk

    • Legend Killer

      Pois é, é só o 450° e uns golpes que ele lentamente vai até atrás das cordas e pula com toda q calma do mundo no cara, e só. Ah, eu sei que você ia falar do Kofi, haushuahsuasua. Acho que apesar de soar estranho, não ruim arriscar algo que está tão chato, no máximo daria errado e poderiam voltar ao que era antes.

  7. Lou Ferman

    Concordo com vc, só acho que Justin Gabriel teria sim um futuro na WWE, não chegando no Main Event mas sim pelo menos no Mid-card…

  8. gostei da foto da comparação do randy e do gato xD.

  9. a wwe botou agora no face que chavo foi dispensado

Comente este post ou o Godoi te pegará a noite!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: